A briga pela liderança e criação do Wechat Brasileiro

Postado por Emerson Kochem, 05-05-2021 - 11:55

A briga pela liderança e criação do Wechat Brasileiro

A grande evolução do E-commerce a nível mundial acirra a briga de gigantes pela criação de novas tecnologias e a revolução do mercado de entregas no Brasil.

O e-commerce tomou proporções jamais vistas anteriormente chegando a atingir assustadores 11% do total do varejo online e com um crescimento de 75% em relação ao ano anterior.

O e-commerce como necessidade.

Em um passado não muito distante ter uma operação de e-commerce era visto talvez até como algo supérfluo. Contudo depois do advento COVID-19 esse cenário vem mudando drasticamente. Hoje esta ferramenta se faz necessária até mesmo para o pequeno e médio lojista. Para a geração Z, não ter presença digital significa basicamente não existir, para vocês terem ciência da importância que este pessoal dá para o mundo digital.

Neste sentido, mídias sociais, social selling entre tantos outros termos tornaram-se frequentes no vocabulário dos empresários. Tem-se hoje uma gama enorme de ferramentas que possibilitam as mais diversas formas de se fazer propaganda, desde um vídeo curto como pode ser feito pelo Tik Tok ou Snapchat até posts em redes sociais se utilizando de digital influencers. 

Toda essa magnitude por vezes confunde a cabeça dos usuários e empresários e  eles precisam buscar informações em fontes confiáveis para estarem aptos a tomar as decisões corretas. Aqui no Blog da Mageshop ficamos felizes em compartilhar e trazer novidades aos nossos leitores.

O e-commerce como driver global de fluxo

Após 2019 o cenário do varejo mundial mudou. De uma hora para outra grande parte do varejo mundial precisou se adaptar e trazer para seus modos operante a tecnologia. Para uns este movimento foi muito dolorido pois envolvia mudança e adaptação a curto prazo. Praticamente 1 ano depois a dor hoje é menos latente e já convém a muitos varejistas até mesmo inclusão de outras tecnologias visando novos nichos de consumidores.

Esta inclusão digital forçada por parte dos varejistas, também se deu por parte dos clientes. Assim, hoje temos consumidores que de certa forma foram forçados a fazer suas primeiras compras online, onde anteriormente tinham nas compras presenciais seu meio de compra preferido.

Este fato gerou uma grande demanda de pedidos ao redor do mundo, tanto é que hoje tem uma desordem mundial nos portos mundiais com a falta de containers ao redor do mundo impulsionados principalmente pela grande alta no consumo do e-commerce principalmente no mercado Americano.

Aplicativos Vs E-commerce tradicionais

Aplicativos são a muito tempo utilizados pelos usuários de smartphones, no entanto tivemos uma grande evolução em suas capacidades e principalmente no Brasil a evolução dos planos de telefonia móvel permitiram a popularização de distintas aplicações utilizando de geolocalização em tempo real. Este é o caso dos aplicativos de delivery, que têm entregado os mais diferentes tipos de produtos.

Assim temos 2 nichos de mercado lado a lado, jogando o mesmo jogo, contudo de lados opostos. E de outro lado ainda os consumidores que vem cada dia mais consumindo este tipo de tecnologia e facilidades.

A criação do Wechat Brasileiro

Algumas empresas no meio deste cenário forrado de incertezas vem apostando forte na criação de um conglomerado, ou seja observando as inovações que geram resultado e comprando estas empresas enquanto elas ainda estão em fase de crescimento. Este tipo de situação é visto com bons olhos pelas startups que assim ganham novas possibilidades como networking diferenciado, e grande poder de investimento.

Encontramos ainda uma concorrência menos evidente mas muito preponderante se olharmos através dos cenários mundiais. Por exemplo, existe na China um aplicativo que chama muito atenção há muitos anos, chamado Wechat. Basicamente, dentro deste aplicativo podemos fazer qualquer coisa, desde compartilhar histórias, conversar com pessoas, pagar contas, coordenar as ações com os colegas de trabalho, publicar imagens, fazer compras até receber notícias.

Assim imagine o poder dos seus controladores visto que eles detêm quase que instantaneamente todos os dados e têm acesso aos hábitos de consumo de grande parte da população da China. Agora imagine que os dados representam para o século XXI o que  o petróleo era para o século XX, não é de varde que o tio Zuc vem expandindo seus negócios sobremaneira neste âmbito. 

Agora falando no Brasil, nesta toada existe uma corrida e é pouco perceptível pelos olhos menos atentos. Existem 2 gigantes do varejo Brasileiros se digladiando sendo que enxergamos o mesmo objetivo por parte deles. 

Um deles vem comprando assiduamente uma após a outra startup que desponta no setor de tecnologia somente no último ano adquiriu 11 startups de base tecnológica. E todas elas se forem analisadas a fundo se conectam indiretamente. Este grande player do Brasil chama-se Magazine Luiza, e vem puxada por seu CEO , Frederico Trajano a anos no sentido de se tornar um dos mais relevantes players do cenário do e-commerce brasileiro e não duvide, eles tem pretensões mundiais.

Na outra ponta ainda temos o outro concorrente que vocês já devem imaginar qual o nome correndo pelas beiradas e a cada dia transformando sua plataforma e abrangendo mais funcionalidades comprando startups que atuem no ramo logístico e trazendo competitividade para o mercado. Hoje o desafio das duas se baseia no E-commerce principalmente na área de logística, onde a batalha da vez é, quem consegue reduzir o tempo de entrega transpassando os obstáculos de um país que tem dimensões continentais com uma infraestrutura de 3 mundo.

Finalizando essa briga ainda está somente no começo e teremos ainda vários capítulos pela frente, fiquem de olhos abertos e façam suas apostas. Quem será o dono do novo Wechat Brasileiro? 



 

 



 

Outras Publicações

Design da nova loja de eletrônicos da Amazon
  Muito se atenta hoje, para a UX (Experiência do Usuário), em um mundo com tantas solu&cce...
Leia Mais
O que você precisa saber para começar sua loja virtual
Para ter sucesso, uma loja virtual precisa oferecer aos seus clientes as principais funcionalidades que garant...
Leia Mais
Conheça os principais impactos do intermediador de pagamento no seu e-commerce
A plataforma de pagamentos no e-commerce normalmente é deixada para o final do projeto, mas, é importante co...
Leia Mais