Contabilidade de custos: Entenda a importância para a sua empresa

Postado por equipe tryideas, 01-08-2022 - 09:27

Contabilidade de custos: Entenda a importância para a sua empresa

Saber o faturamento com exatidão é algo bastante comum, mas e quanto aos custos da empresa, será que esse número também é bastante conhecido? De longe, implementar uma contabilidade de custos é uma das estratégias mais apropriadas para qualquer tipo de negócio. Afinal, conhecer os custos permite calcular as margens adequadamente, melhorando o controle financeiro da empresa. Neste conteúdo, vamos explicar do que se trata e como implementar essa contabilidade no seu negócio. Continue lendo!

1

Qual a função da contabilidade de custos?

 

Antes de mais nada, precisamos lembrar que a palavra “custo” remete aos valores de saída atrelados à atividade da empresa. Ou seja, não abrange gastos nem despesas, pois visa entender o desempenho operacional do negócio.

Nesse contexto, a função principal da contabilidade de custos é controlar os custos das operações, tendo como base uma visão estratégica dos números.


Quais são os impactos da contabilidade de custos?

 

O primeiro impacto é fornecer uma informação valiosa para os gestores: se a empresa está obtendo um bom retorno, ou não, de suas operações.

Fora isso, também permite ajustar os preços dos produtos e serviços do negócio, além de localizar e reduzir custos desnecessários.

Toda essa análise requer bastante atenção, pois devemos levar em conta a jornada do produto e seu público-alvo. Nem sempre um aumento de preço passa despercebido entre os clientes.


Quanto tipos existem e quais são?

 

Para melhorar a legibilidade dos números, foram criados diversos conceitos acerca dos custos. Cada um expressa uma informação de interesse para o gestor, facilitando sua interpretação.

Veja, a seguir, os tipos de custo que existem:

 

Custos diretos

Os custos diretos são todas as saídas necessárias para o fornecimento de um produto ou serviço. Mas calma lá: é preciso que estejam diretamente ligadas ao produto.

Nesse sentido, o custo da matéria-prima, da embalagem e de todos os demais custos dessa natureza entram nessa categoria.

 

Custos indiretos

Ao contrário dos custos diretos, os custos indiretos contabilizam todas as saídas que, indiretamente, estão associadas às operações da empresa.

Ou seja, o gasto de energia elétrica, a conta de água, o aluguel e todos os custos que, de uma forma ou de outra, estão associados às operações da empresa.

Além disso, os indiretos têm mais uma característica peculiar: é impossível saber o número exato, dado que o consumo de energia, por exemplo, não pode ser mensurado apenas para a produção.

 

Custos variáveis

Em resumo, os custos variáveis estão atrelados ao volume de produção, assim como à complexidade das operações do negócio.

Indo direto ao ponto, quanto mais se produz, mais custos se tem. Como esse custo tende a variar muito, é chamado de custo variável — simples assim.

São estes custos que precisam ser contabilizados com cautela, ainda mais tendo em vista a expansão da empresa.

 

Custos fixos

Por fim, os custos fixos, como o próprio nome diz, não variam de acordo com o aumento da produção.

De certa forma, são custos associados aos custos indiretos, como o aluguel e o consumo de energia elétrica por produto, dado que esses valores não se alteram ao longo do tempo.


Quais os principais benefícios de calcular os custos?

 

Até o momento, exploramos a função da contabilidade de custos, seus impactos para o negócio e os tipos existentes. 

Embora comentamos por cima sobre alguns benefícios de se contabilizar os custos, deixamos muita informação para mais tarde — que significa neste exato momento.

Veja os benefícios da contabilidade de custos nas próximas seções:
 

Trabalhar a margem de lucro

É bastante sabido que quanto mais lucro, melhor; mas nem sempre lucros grandes precisam de preços altos — inclusive, preços acima do mercado acabam com o lucro.

Como solucionar esse problema? O primeiro passo é saber os custos de seus produtos; já o segundo requer uma análise criteriosa de seus consumidores, principalmente no que diz respeito a quanto estão dispostos a pagar.

Cuidado para não “pagar para trabalhar”!


Manter a saúde financeira

Quando falamos em empresas que produzem em larga escala, qualquer erro na precificação significa uma tragédia.

No entanto, empresas de pequeno porte também sofrem bastante com erros na precificação, ainda mais se estiverem com caixa baixo.

Contabilizar os custos permite escolher preços otimizados; preços otimizados trazem lucro para o negócio — e como lucro é o dinheiro que sobra após pagar todas as contas, podemos dizer que a empresa está indo bem.


Otimização da análise gerencial

Antes de investir em novos projetos, é importante saber onde a empresa se encontra, no aspecto financeiro da pergunta.

A melhor forma de se fazer isso é através de uma análise gerencial.

Para tanto, ter registos de caixa, custos, despesas e quaisquer outras informações relevantes para a tomada de decisão é imprescindível. E, claro, temos a contabilidade de custos, que corrobora para entender o retorno financeiro de cada operação do negócio.


Projeções mais precisas

Por fim, implementar contabilidade de custos permite projeções precisas tanto de custos quanto de vendas.

Essa informação agrega na hora de tomar decisões, ainda mais se forem sobre expansão e novos projetos.

Para encerrar este conteúdo, veremos como implementar essa contabilidade na sua empresa.


Como implementar na empresa?

 

A melhor forma de implementar a contabilidade de custos na sua empresa segue a seguinte fórmula:

  1. Contabilize todos os custos e despesas do negócio;

  2. Discrimine e separe os custos diretos de cada produto e serviço;

  3. Compare o preço da venda com o custo de produção médio;

  4. Estime a soma de todos os custos indiretos de produção. Fazer uma rateio é uma ótima opção;

  5. Defina um ponto de equilíbrio, ou seja, um preço que cubra exatamente os custos de produção, sem que haja lucro ou prejuízo;

  6. Planeje estratégias para diminuir os custos ou aumentar o preço dos produtos, sem que isso impacte negativamente nas vendas.

Se você está com dificuldades na hora de saber os números de sua empresa, implemente um sistema de gestão inteligente rapidamente.

Com um software dessa natureza, você terá diversas informações relevantes sobre seu negócio na palma da sua mão.

Quer conhecer nossas soluções? Veja as funcionalidades do nosso software!

Outras Publicações

A importância do controle financeiro na sua empresa
Citamos alguns demonstrativos financeiros, que refletem a situação da empresa....
Leia Mais
Empresas e vendedores podem utilizar aplicativos para ganhar agilidade nas negociações
Garantir a segurança nas informações, manter histórico de relacionamento com seus clientes e aumentar a ef...
Leia Mais
Organização do Tempo: Qualidade, Produtividade e Saúde
Hoje em dia, o que mais se vê são pessoas cheias de coisas para fazer, sem saber por onde começar....
Leia Mais
A pressa nossa de cada dia
Será que temos a capacitação para gerenciar essa pressa de forma equilibrada de maneira a não provocar efe...
Leia Mais